Dicas de Higiene e Limpeza

Dicas de limpeza para quem tem crianças em casa

11 de outubro de 2018
Dicas de limpeza para quem tem crianças em casa

O nascimento de um bebê representa uma mudança gigante na vida dos pais. Além de aumentar o número de alegrias e satisfações, também amplia a lista de responsabilidades, deveres, e até mesmo nas contas do fim do mês; e tudo isso reflete na limpeza de casa. Afinal, ele precisa de cuidados em tempo integral, inclusive com seu quarto, que deve ser mantido sempre limpo, arejado e organizado.

Mops e produtos de cheiro suave para o piso são essenciais para manter o quarto do bebê higienizado, além do clássico aspirador de pó, que apesar de muito eficiente, costuma ser muito barulhento, o que assusta a criança. Mas para fugir do básico e garantir a saúde e bem-estar do seu filho, decidimos ir além: venha conosco e confira algumas dicas que facilitarão a sua vida na hora da limpeza!

Tire o bebê do quarto
Inicialmente, o mais importante. A primeira dica é deixar o pequeno longe do quarto quando você estiver limpando, já que são muito sensíveis a cheiros e poeira. Essa sensibilidade faz com que desenvolvam alergias precocemente quando expostos continuamente a esse tipo de material.

Por isso, após fazer a higienização do ambiente, aguarde ao menos 30 minutos para trazer novamente a criança ao quarto, ou até que o cheiro tenha se dissipado completamente.

Faça cronogramas
Um calendário organizado facilita muito a vida a longo prazo. Isso inclui também a limpeza do quarto do bebê. Deixe as janelas abertas constantemente para manter o ambiente arejado e elimine qualquer acúmulo de poeira que possa existir nos cantos e nas superfícies.

É bom lembrar também de ter locais reservados para cada objeto, a fim de evitar deixar coisas esparramadas pelo chão. Muitas mamães optam por deixar lixeirinhas espalhadas para descartar itens não reaproveitáveis, como lencinhos umedecidos, por exemplo.

Lembre-se de tirar um tempinho para remover esse lixo diariamente, assim como organizar todos os brinquedos. Também tente reservar um dia da semana para caprichar na faxina no quarto do recém-nascido, passando um pano de microfibra em todo o espaço (evite o uso de vassouras, já que costumam levantar poeira).

Envolva seus filhos nas tarefas
Muitos especialistas concordam que existem inúmeros benefícios às crianças que se envolvem nas tarefas diárias. Isso as faz crescer sem ignorar as atividades de casa, as torna mais responsáveis e cuidadosas com suas coisas, já que sabem que um pouquinho da limpeza ficará com eles.

Porém, não dê tarefas muito pesadas a eles, como lavar louças ou varrer o chão. Junte a ideia do cronograma acima e crie um calendário de tarefas diárias ou semanais. Em um dia recolhem a roupa ou trocam a roupa de cama, em outros guardam os próprios brinquedinhos.

Criamos uma pequena tabela para auxiliar você a designar as tarefas corretas de acordo com a idade:

  • Dos 2 até os 3 anos: Nessa idade, a criança já pode começar a guardar seus próprios brinquedos, tirar seu prato da mesa após as refeições, e até colocar as roupas sujas no cestinho;
  • Dos 4 aos 5 anos: Arrumar a cama, dobrar e guardar suas roupas, ajudar a tirar o pó de pequenas superfícies e regar as plantas;
  • Dos 6 aos 8 anos: Lavar a louça, tirar o lixo de casa, aprender a usar mops e aspiradores, cuidar das plantas;
  • Dos 9 aos 11 anos: Limpar móveis e espelhos, trocar a própria roupa de cama, ajudar a lavar a louça;
  • Dos 12 anos em diante: Limpar banheiros, colocar a roupa na máquina de lavar, passar pano no chão e cuidar dos irmãos mais novos.

Evite que tenham contato com produtos químicos
Como mencionamos, crianças tendem a possuir diversos problemas com alergias durante os primeiros anos de vida. Esse fato, aliado a sua grande curiosidade e propensão a colocar coisas na boca pode gerar problemas muito grandes se não houver controle sobre os produtos químicos usados em casa.

Ainda sobre alergias, é recomendado trocar os travesseiros do berço a cada 6 meses, já que são morada perfeita para ácaros e outros organismos que podem irritar a criança.

Outro problema constatado para explicar as alergias é a chamada “hipótese da higiene”, que atesta que o contato com bactérias nos primeiros anos de vida aumenta as defesas imunológicas das crianças e reduz o risco de alergias. Devido ao fato de muitos pais se preocuparem com seu filho não entrar em contato com a sujeira, as crianças acabam não desenvolvendo seus anticorpos como deveriam, e acabam tendo problemas alérgicos ao decorrer da vida. Portanto, deixar seu filho se sujar também é importante!

Tenha muito cuidado com a utilização de baldes. Algo que muitas pessoas não pensam que vai acontecer e que infelizmente causam muitas mortes precoces, devido ao afogamento em baldes. Geralmente acabam acontecendo de uma forma silenciosa, os casos mais comuns em crianças de 1 a 4 anos é o afogamento em baldes e bacias, a partir dos 4 anos são registrados mais afogamentos em águas abertas e piscinas.

Aposte na criatividade
Pode ser uma trabalheira fazer com que as crianças, com toda sua hiperatividade, comprometam-se com algumas tarefas que não julgam como muito importantes. Só os pais sabem o sacrifício que é convencer os pequenos a escovar os dentes na hora certa ou organizar seus brinquedos depois de usá-los, ainda mais acostumá-los a fazer isso todos os dias.

Aposte, então, novamente na criatividade! Saboneteiras de espuma tendem a ser muito mais atrativas e curiosas às crianças do que o velho sabão em barra, assim como escovas e pastas de dentes personalizadas deixam a escovação dentária mais interessante para elas.

E por fim…

Aceite as limitações
Elimine esse peso das costas de ter a residência sempre impecável, ainda mais com a vinda de uma criança ao mundo. Claro, é recomendado ter uma residência limpa e bem cuidada, mas apenas até onde for possível. Não cobre demais de si mesmo, afinal, isso apenas aumentará seu estresse, e mais importante que essa cobrança é aproveitar cada minuto ao lado de seu filho.

Uma casa limpa e confortável é essencial na criação de nossos filhos, mas não podemos nos esquecer que eles precisam se desenvolver e potencializar seu sistema imunológico. Logo, é natural que ele fique sujo de vez em quando ou tenha contatos ocasionais com poeira e outras sujeiras!

< Anterior Próximo >

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Tipos de fibras para limpeza
Dicas de Higiene e Limpeza

Tipos de fibras para limpeza

5 de julho de 2019

Todos estamos muito familiarizados com as esponjas para limpeza. No entanto, você sabia que existe outro meio alternativo de limpeza...

Leia Mais
Como limpar piso antiderrapante
Dicas de Higiene e Limpeza

Como limpar piso antiderrapante

9 de maio de 2019

Com diferentes modelos, acabamentos, materiais, texturas e dimensões, o piso antiderrapante é ideal para ambientes inclinados, úmidos e/ou com movimentação...

Leia Mais