Conteúdo

Cuidados no trânsito: 8 dicas para prevenir acidentes

26 de julho de 2019
Cuidados no trânsito: 8 dicas para prevenir acidentes

Dia 25 de julho comemoramos o Dia do Motorista. Pensando nisso, trouxemos uma lista com alguns cuidados no trânsito que devem ser tomados para prevenir acidentes.

Todos os dias o estresse e as más práticas na direção ocasionam acidentes no trânsito do país inteiro. Muitas das dicas a seguir você provavelmente já conheça e aplica no seu dia a dia, no entanto, achamos importante reforçá-las com o intuito de propagar cada vez mais os principais cuidados no trânsito a fim de evitar acidentes.

1. Dê a preferência

A primeira e talvez principal dica a ser lembrada é: gentiliza gera gentileza. Na hora do engarrafamento, lembre-se que a grande maioria dos motoristas em volta estão com a mesma pressa que você. Então, em vez de disputar palmo a palmo o primeiro lugar de uma interminável fila de carros, simplesmente dê a preferência. Alguém provavelmente fará o mesmo por você mais adiante.

2. Não utilize o celular

De acordo com a NHTSA (Administração Nacional de Segurança Rodoviária), o uso de celulares ao volante aumenta em até 400% o risco de acidentes. Chamadas de voz, redes sociais ou jogos digitais são algumas das distrações que alguns motoristas insistem em fazer uso durante a direção.

O Código de Trânsito Brasileiro permite o uso do dispositivo apenas quando o veículo estiver estacionado, com o motor desligado, ou na função GPS, desde que esteja fixado no para-brisa ou no painel dianteiro, em suporte adequado. Portanto, a regra é clara: celular e direção não combinam.

3. Tenha cuidado com os pedestres, ciclistas e outros veículos

A ordem é que os veículos maiores são responsáveis pela segurança dos menores, ao mesmo tempo em que todos cuidam dos pedestres. Além de estar atento à condução, o motorista também deve ter atenção constante aos outros veículos, além dos ciclistas e pedestres. Veículos automotores devem respeitar a distância de 1,50 m (um metro e meio) ao ultrapassar ciclistas.

Bicicletas também são veículos e devem seguir regras, inclusive respeitar o pedestre, que sempre tem a preferência. Ciclistas devem ter muito cuidado com saídas de garagens, buracos, bueiros, descidas, curvas, pistas molhadas e cruzamentos. E, sempre que possível, devem pedalar em ciclovias ou acostamentos.

Os pedestres, por sua vez, também devem respeitar algumas regras e tomar devidos cuidados no trânsito. Deve-se atravessar sempre na faixa ou em passarelas (quando não tiver essas opções, dar o sinal de vida – parar na calçada e estender o braço – antes de atravessar), olhar bem para os lados antes de realizar a travessia, esperar os veículos estarem parados para poder atravessar e nunca atravessar sem ter certeza de que foi visto pelos motoristas. Ao descer do ônibus, devem esperar que ele saia para poder atravessar – assim o veículo não cobrirá o campo de visão de outros motoristas, que irão ver o pedestre propriamente. Em cruzamentos, as ruas devem ser atravessadas uma de cada vez, nunca em diagonal. Também é importante lembrar de fazer as travessias sempre com calma, nunca correndo, para evitar quedas e, consequentemente, atropelamentos.

4. Bebida x Direção

Pesquisas apontam que cerca de 22% dos condutores, 21% dos pedestres e 17% dos passageiros envolvidos em acidentes de trânsito apresentavam sinais de embriaguez ou confirmaram consumo de álcool.

A tolerância é zero para esse tópico. Por isso, não adianta dizer que foi só uma latinha. A bebida alcoólica reduz os reflexos e a atenção e isso pode causar sérios problemas durante a direção.

5. Equipamentos de segurança

Utilize sempre o cinto de segurança! Em caso de colisão do automóvel, o sinto não permite que as pessoas dentro do veículo sejam arremessadas para fora ou batam com a cabeça em ambientes internos do automóvel. Isso reduz tanto a gravidade dos acidentes quanto a ocorrência de ferimentos.

Já o uso obrigatório do capacete para motociclistas é uma lei no país desde a edição do Código de Trânsito Brasileiro de 1997. Estudos apontam que o uso correto do capacete reduz em até 40% o risco de morte no trânsito e em até 70% as chances de ferimentos graves na cabeça.

Para os ciclistas, equipamentos como capacete, óculos ou viseira, cotoveleiras, joelheiras e roupas apropriadas tornam a pedalada mais segura.

6. Manutenção em dia

Faça a revisão periódica e verifique sempre os níveis de água e óleo, o estado dos pneus, luzes, pedais e sistema elétrico. A manutenção preventiva dos principais itens do veículo, como freio, nível de óleo e amortecedor, deve ser feita a cada 10 mil quilômetros rodados ou a cada seis meses.

Se perceber algo de errado com o automóvel, estacione em um posto de gasolina ou local seguro e chame um reboque, não insista em andar com o veículo ruim. Isso ajuda a garantir a segurança no trânsito à medida que evita problemas como falhas mecânicas — que podem causar acidentes sérios.

7. Limpeza

Além da manutenção mecânica, também é importante que você mantenha a limpeza do seu carro em dia. Vidros e espelhos retrovisores limpos para facilitar a visão, carro aspirado e interior organizado também são essenciais para uma boa direção.

Para os vidros, você pode utilizar um pano de microfibra na limpeza, já que seu material não risca e não solta fiapos. Para secar a lataria do carro após a lavagem, o ideal é um pano multisec – material de alta absorção feito de PVC. Você também pode optar pela utilização de uma luva de microfibra para retirar a poeira do veículo.

8. Siga as regras de trânsito

Muitos acidentes e mortes no trânsito acontecem por conta de condutores que ainda não obedecem a regras simples. Lembre-se sempre dos principais cuidados no trânsito como: respeitar os limites de velocidade, não conduzir seu veículo cansado ou com sono, utilizar a seta, tomar cuidado nos cruzamentos e certificar-se sempre de que há combustível suficiente para sua viagem.

Gostou das dicas? Compartilhe esse post em suas redes sociais e estimule um trânsito mais seguro para todos!

< Anterior Próximo >

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Business Intelligence: entenda o que é
Conteúdo

Business Intelligence: entenda o que é

2 de agosto de 2019

Diariamente empresas trabalham para melhorar suas estratégias comerciais, comunicação com os clientes e funcionamento dentro da própria companhia. Existem diversas...

Leia Mais