Conteúdo

Como anda a separação e destinação do lixo em sua empresa?

7 de junho de 2019
Como anda a separação e destinação do lixo em sua empresa?

Em junho comemoramos a Semana Mundial do Meio Ambiente. Esta iniciativa visa incluir a sociedade na discussão de pautas que tratem da preservação do patrimônio natural do Brasil, com o objetivo de complementar a celebração ao Dia do Meio Ambiente (5 de junho) instituído pela ONU.

A data vem com o intuito de abrir os olhos para a importância de preservar nosso planeta, trazendo pautas a serem debatidas de acordo com o tema, como reciclagem e redução de resíduos descartados.

O excesso de lixo produzido é responsável por prejudicar a economia e o meio ambiente, além de trazer riscos para a saúde. A falta de coleta ou o descarte de lixo em locais inapropriados contamina o solo e os cursos de água, sua queima sem controle polui o ar e o baixo uso de materiais reciclados acelera o esgotamento dos recursos naturais.

Pensando nisso, achamos interessante expandir o tema sustentabilidade para que seja refletido também dentro de sua empresa, através da separação e destinação dos resíduos do lixo. Confira algumas dicas que irão ajudar sua empresa a melhor viabilizar a questão da destinação e separação de lixo.

Logística reversa

Perante lei, o fabricante é responsável por todas as etapas da vida útil de seu produto. Por isso, conceitos como a logística reversa passaram a ser muito difundidos no universo corporativo, transformando-se em uma importante ferramenta para a sustentabilidade empresarial.

A logística reversa é a área da logística que trata, genericamente, do fluxo físico de produtos, embalagens ou outros materiais, desde o ponto de consumo até ao local de origem. É uma forma de se preocupar com o descarte ecologicamente correto. E muitas empresas vêm utilizando-a como estratégia em seu planejamento de negócio.

Em resumo, a logística reversa tem como objetivos planejar, implementar e controlar de um modo eficiente e eficaz:

– O retorno ou a recuperação de produtos;

– A redução do consumo de matérias-primas;

– A reciclagem, a substituição e a reutilização de materiais;

– A deposição de resíduos;

– A reparação e refabricação de produtos.

Como exemplos de logística reversa dentro da questão de destinação e separação de lixo, temos o retorno de garrafas PET, a reciclagem de pilhas e eletrônicos, dentre outros.

Por meio da logística reversa uma empresa consegue reduzir custos das seguintes formas:

– Comprando matéria-prima reciclada, em vez de virgem (que é sempre mais cara);

– Reaproveitando seu próprio material;

– Utilizando embalagens recicláveis;

– Vendendo os resíduos que não lhe são úteis para mercados secundários.

O exemplo mais conhecido talvez seja o do alumínio. Segundo a Associação Brasileira de Alumínio, a reciclagem desse material gasta apenas 5% de energia comparado ao metal virgem, para produzir cerca de uma tonelada de latas. Sem dúvida, uma clara redução de custos e impactos ao meio ambiente.

Eduque seus funcionários

Talvez a forma mais importante de se conseguir bons resultados na separação e destinação de lixo na sua empresa. Eduque seus funcionários para que eles saibam a importância do tema. Faça palestras, divulgue conteúdo, deixe cartazes disponíveis sobre o assunto. Toda informação é válida!

Trabalhe com a coleta seletiva nos setores, refeitórios e demais espaços. Pratique uma política de bom aproveitamento de materiais.


Saiba quais são os materiais recicláveis e as cores de cada lixeira para coleta seletiva


Informe também seus colaboradores sobre a devolução de materiais pelos clientes na hora da logística reversa. Para que eles entendam efetivamente o que deve ser realizado. O objetivo é definir através de um protocolo todas as etapas que devem ser cumpridas e de que forma precisam ser realizadas a fim de que o processo tenha o melhor atendimento possível.

Incentive os usuários finais

Sabe toda aquela propaganda em pontos de venda para que você retorne pilhas ou outros objetos depois de utilizados? Essa é uma forma de incentivar o público e melhorar a logística reversa de sua empresa.

Através disso, as lojas estão conscientizando seus consumidores e ajudando o meio ambiente. Portanto, busque fazer campanhas que atraiam o público final e lhes incentive a participar dessa reutilização de lixo juntamente à sua empresa.


Reciclagem: práticas simples que fazem muita diferença


Eduque também os consumidores

Os resíduos podem ser encaminhados para outros fins pelo usuário final também. Por isso, eduque seus consumidores para que eles tenham consciência da importância da reciclagem e da reutilização.

Você pode fazer isso enviando e-mails marketing sobre o assunto, fazendo posts em seu blog ou suas redes sociais, ou até mesmo distribuindo panfletos que falem sobre o tema. Seja criativo!


Leia também: Conheça o novo desafio da internet #TrashTag


Esperamos que esse conteúdo tenha lhe ajudado! Em caso de dúvidas, deixe um comentário.

< Anterior Próximo >

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Business Intelligence: entenda o que é
Conteúdo

Business Intelligence: entenda o que é

2 de agosto de 2019

Diariamente empresas trabalham para melhorar suas estratégias comerciais, comunicação com os clientes e funcionamento dentro da própria companhia. Existem diversas...

Leia Mais